Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Revitalização do Araguaia iniciará nova fase de recuperação de bacias hidrográficas do País

Revitalização do Araguaia iniciará nova fase de recuperação de bacias hidrográficas do País

Revitalização do Araguaia iniciará nova fase de recuperação de bacias hidrográficas do País

Acordo com os estados de Goiás e do Mato Grosso é parte de uma estratégia mais ampla do Governo Federal, pensada para todo o território brasileiro

Revitalização do Araguaia iniciará nova fase de recuperação de bacias hidrográficas do País – Nesta quarta-feira (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, o Governo Federal lançou o projeto ‘Juntos pelo Araguaia’, que vai atuar na revitalização da bacia hidrográfica de um dos mais importantes mananciais do Brasil. A iniciativa, segundo o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, será o primeiro passo em direção à recuperação das principais redes de rios do País. Com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, o lançamento aconteceu em Aragarças (GO), na divisa com Barra do Garças (MT).

“Iniciaremos um novo marco na área de revitalização no Brasil. O Araguaia será o primeiro, mas não o único, porque temos preocupação com todos os rios do nosso País. Ainda nos esperam o São Francisco, o Parnaíba e o Taquari, dentre outros. Temos 12 bacias hidrográficas de grande porte e que precisam do mesmo cuidado e atenção”, destacou Canuto.

Para efetivar o projeto, foi firmado um acordo de cooperação técnica entre a União e os governos de Goiás e do Mato Grosso. O documento prevê a elaboração de estudos técnicos e do projeto executivo para a definição de áreas prioritárias no Alto Araguaia, passíveis de ações de recuperação da bacia. O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) vai investir R$ 2,8 milhões no material.

Com 2.114 quilômetros de extensão, o Rio Araguaia tem sua nascente na Serra do Caiapó, entre a divisa dos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A bacia representa mais de 14% do território mato-grossense e 25% da área do estado goiano. Além disso, tem 77% do seu curso no Cerrado e outros 23% no bioma amazônico. Toda a área adjacente ao Araguaia tem relevante importância ecológica, turística, socioeconômica e cultural.

“As principais ações do plano são a identificação das áreas de recarga, a recuperação daquelas que estão degradadas, a proteção delas e, depois, o desassoreamento da calha dos rios que são os afluentes do Araguaia, justamente para permitir quantidade de água compatível. Há uma possibilidade, ainda, de 1.160 quilômetros serem passíveis de navegação, o que não ocorre hoje devido ao assoreamento e ao baixo volume de água. E a navegação por hidrovias é uma modalidade de transporte muito mais barata e que pode desenvolver economicamente a região”, explicou o ministro Gustavo Canuto.

Leia também:

Crea identifica engenheiro com 1200 ARTs em apenas um ano

Em um primeiro momento, o projeto atuará nas áreas de recarga de aquíferos e cabeceiras do Rio Araguaia. Os mapeamentos já indicam que os trabalhos de recomposição florestal e conservação de solo e água deverão ter ações iniciais em 10 mil hectares – 5 mil em cada unidade federativa. No total, os levantamentos vão abranger uma área de 2,7 milhões de hectares em 15 cidades de Goiás e outros 2,3 milhões em 12 municípios de Mato Grosso.

Para o presidente Jair Bolsonaro, o ‘Juntos pelo Araguaia’ retrata o compromisso do Governo Federal com o desenvolvimento sustentável. “A revitalização da bacia do Araguaia, bem como outras que teremos pela frente, é o maior exemplo que podemos dar ao mundo de que estamos, sim, preocupados com o meio ambiente, mas também perfeitamente casados com a economia, com o que se desenvolve na região”, disse.

Todo o território nacional

A revitalização de bacias é uma das políticas do MDR. Equipes técnicas da Pasta têm trabalhado no Programa Nacional de Revitalização de Bacias Hidrográficas, com previsão de entrega do documento-base em 2020. Nele, deverão constar diretrizes, estratégias, metas e critérios técnicos para priorização de sub-bacias críticas. O programa visa conservar e recuperar os rios brasileiros a partir de ações integradas.

A iniciativa fomenta a formulação e implementação dos programas estaduais e distrital de revitalização de bacias hidrográficas. É neste contexto que se insere o acordo entre Governo Federal e os estados de Goiás e do Mato Grosso, como parte de uma estratégia mais ampla, pensada para todo o território nacional.

Fonte

Conheça o calendário de cursos da I9 Treinamentos para o ano de 2019. Novos cursos e professores renomados. Clique na imagem abaixo e fique sabendo muito mais…

junho 2019

24jun(jun 24)08:0025(jun 25)17:00Gestão do Patrimônio Público sob ótica das NBCASPConheça as modernas técnicas de suprimentos e gestão de materiais e principalmente, na área pública o Desfazimento de Bens.

26jun(jun 26)08:3028(jun 28)16:30Orçamento Público integrado com Execução Orçamentária, Financeira e ContábilCompreenda os fundamentos e princípios que norteiam o ciclo orçamentário e seus instrumentos de gestão pública referentes aos recursos públicos.

julho 2019

01jul08:0002(jul 2)17:00Contratação de Serviços Terceirizados em três momentosTudo sobre Contratação de Serviços Terceirizados em três momentos: Planejamento da licitação, seleção de propostas e gerenciamento do contrato.

03jul(jul 3)08:3005(jul 5)16:30Curso de Siconv compactoCurso compacto para aqueles que tem pouco tempo e querem aprender sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização.

08jul(jul 8)08:0009(jul 9)17:00Marco Regulatório das Organizações da Sociedade CivilPrepare editais de seleção de organizações da sociedade civil que assegurem processos econômicos e juridicamente eficientes.

10jul(jul 10)08:3012(jul 12)16:30Cerimonial, Protocolo e Organização de EventosHabilite-se a executar solenidades com excelência.

15jul(jul 15)08:0019(jul 19)17:00Curso Siconv Completo Julho de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do Siconv

22jul08:0018:00Tudo sobre o SistecTudo sobre o Sistec

24jul08:0018:00Simec Introdução ao PAR julho de 2019compreenda a correta utilização do SIMEC na fase preparatória

25jul08:0018:00Simec Fase de Diagnóstico do PAR julho de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Diagnóstico do PAR

26jul08:0018:00Simec Fase de Planejamento e Execução julho de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Planejamento e Execução

29jul(jul 29)08:3031(jul 31)16:30Tesouro Gerencial AvançadoExecute as funções do sistema Tesouro Gerencial

agosto 2019

01ago08:0002(ago 2)17:00Gestão descomplicada de Termos de Execução Descentralizada julho de 2019Conheça as formas de qualificação, apresentação, formalização, execução e fiscalização de termos de execução descentralizada.

05ago(ago 5)08:0009(ago 9)17:00Curso Siconv Completo Agosto de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do Siconv

12ago(ago 12)08:3014(ago 14)16:30Desenvolvimento e Capacitação pra Pregoeiros e Equipe de ApoioSeja capaz de realizar pregões presenciais e eletrônicos na prática.

15ago(ago 15)08:0016(ago 16)17:00Elaboração de Projetos na práticaIdentifique os conceitos, diferencie as principais abordagens metodológicas e organize o seu plano de projeto

19ago(ago 19)08:3021(ago 21)16:30Esocial na Administração Pública incluindo os novos layoutsCurso fundamental para capacitar os profissionais a fim de prestarem corretamente as informações ao eSocial.

22ago(ago 22)08:0023(ago 23)17:00Curso completo de SISMOB agosto de 2019Conheça a nova versão do Sistema de Monitoramento de Obras (Sismob).

26ago(ago 26)08:3028(ago 28)16:30Curso de Retenção de tributos em notas fiscaisConheça de forma clara e objetiva os procedimentos das retenções dos tributos (IRRF, INSS, PIS, COFINS, CSLL e ISS)

29ago(ago 29)08:0030(ago 30)18:00Emendas Parlamentares agosto de 2019Entenda o processo de captação de recursos através de emendas parlamentares

Calendário de Cursos da I9 Treinamentos para 2019