Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Projeto mostra que é possível integrar agricultura e preservação

Projeto mostra que é possível integrar agricultura e preservação

Projeto mostra que é possível integrar agricultura e preservação

Produtor aprende a cumprir lei ambiental e a lucrar sem degradar bioma

Projeto mostra que é possível integrar agricultura e preservação – Pesquisas feitas desde 2010 no Cerrado mostram que produção agrícola e conservação do meio ambiente podem andar juntas, incrementando o lucro dos agricultores brasileiros e evitando o pagamento de multas pelo descumprimento de leis ambientais. Tais pesquisas contribuem para que os produtores cumpram a legislação e obtenham lucros a partir de reservas florestais e áreas de proteção permanente.A iniciativa abrange os demais biomas brasileiros (Amazônico, Caatinga, Pantanal, Pampa e Mata Atlântica).

“O maior ganho proporcionado pelo Projeto Biomas é aproximar produtores, pesquisadores, órgãos de fiscalização e governo, na busca por construir soluções”, diz Adriano Varela, um dos donos da Fazenda Entre Rios – propriedade localizada no Programa de Assentamento Dirigido (PAD-DF), escolhida para implementar a experiência no bioma do Cerrado.

Segundo o sócio de Varela, José Brilhante Neto, o projeto muda a visão e o temor que os produtores têm das autoridades ambientais. “Os produtores querem resolver as questões ambientais de suas propriedades, mas não sabem como fazer”, explicou Brilhante, referindo-se à orientação que recebem de técnicos e pesquisadores ligados ao projeto, desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A iniciativa apresenta exemplos de recuperação ambiental pelo produtor, com a incorporação de árvores ao sistema produtivo, o estímulo à produção florestal com espécies nativas e adequação de propriedades rurais ao novo Código Florestal.

Ao desenvolver pesquisas com foco na preservação de áreas de proteção e reservas florestais, o projeto mostra que esse tipo de cuidado pode resultar em lucro, porque, além de evitar multas por descumprimento da legislação ambiental, representa acesso a mercados cada vez mais voltados a produtos ambientalmente responsáveis.

Dia de Campo

Segundo o chefe-geral da Embrapa Cerrado, Cláudio Karia, mais de 70 pesquisadores participaram de cerca de 20 experimentos na Fazenda Entre Rios, ao longo dos oito anos de participação no programa. “O Código Florestal é uma grande oportunidade para colocarmos em prática todo o conhecimento que geramos na Embrapa”, disse Karia durante o Dia de Campo do Projeto Biomas no Cerrado– evento comemorativo à Semana do Meio Ambiente, realizado no último dia 7.

Uma das pesquisadoras que participam do Biomas Cerrado é Sybelle Barreira, do Departamento de Engenharia Florestal da Universidade Federal de Goiás (UFG). Ao fazer uma apresentação sobre o papel da árvore em uma propriedade, no sentido de garantir condições ambientais para a produção, Sybelle enfatizou que, além dos aspectos ecológicos e ambientais, o cuidado com as reservas florestais “pode resultar em renda para o produtor”, por meio da venda de sementes, mudas, óleos de árvores nativas, e até mesmo madeira, no caso de plantas exóticas (importadas) .

“As madeiras podem inclusive representar economia, quando usadas para a construção de cercas ou mesmo da infraestrutura da fazenda”, disse a professora. Também integrante do grupo de pesquisadores do Bioma Cerrado, a bióloga e professora do Departamento de Ciências Naturais da Universidade de Brasília (UnB) Maria Cristina Oliveira acrescentou que “grande parte do ganho é obtida por meio do efeito indireto para o empreendimento”, uma vez que garante condições mais adequadas para a produção.

Na Fazenda Entre Rios, foram plantadas 900 mil sementes e 8 mil mudas de 100 espécies nativas do Cerrado e 10 de espécies exóticas, durante os quase oito anos de projeto. Dos 170 hectares da fazenda, 70 foram disponibilizados diretamente ao projeto.

Leia também:

A capacidade de adensamento das cidades

Segundo a engenheira agrônoma e coordenadora executiva da CNA, Cláudia Mendes, o Projeto Biomas ajuda o produtor a resolver problemas ambientais em meio a lacunas como a dos passivos ambientais. “Estamos inserindo o produtor nisso, possibilitando inclusive retorno econômico e alternativas econômicas para uma adequação menos onerosa às diretrizes, de forma a melhor se adaptar tanto ao Código Florestal como ao Programa de Regularização Ambiental (PRA)”.

“Meio ambiente e agronegócio têm de andar de mãos dadas; juntos. O produtor rural é o maior interessado na preservação porque é a forme de ele manter o seu negócio”, disse Adriano Varela à Agência Brasil.

Coordenador do Bioma Cerrado, Felipe Ribeiro explica que o projeto no Cerrado é desenvolvido em três estações. A primeira, dedicada à identificação, visando à adequação ambiental da área. A segunda, para apontar estratégias de plantio para a recomposição da vegetação nativa. E a terceira, visando à inserção das árvores na propriedade rural. Projeto mostra que é possível integrar agricultura e preservação

“A ideia é ajudar o produtor a identificar o que tem e o que precisa fazer para atingir essa meta”, resume o coordenador do projeto. Segundo Ribeiro, o site WebAmbienteé uma ferramenta relevante para ajudar os agricultores a dar os primeiros passos para se adaptar à legislação ambiental. De acordo com o coordenador do projeto, outra ferramenta interessante para a capacitação dos agricultores, no sentido de se adequarem às diretrizes é o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Legislação

O Código Florestal prevê que o agricultor faça um cadastro ambiental, no qual informe as dimensões da propriedade, a existência de áreas de preservação permanente (APP) e de reservas legais. Por meio do Cadastro Ambiental Rural (CAR), identifica-se o passivo ambiental da área.

À autoridade ambiental, cabe definir as diretrizes a serem seguidas pelo agricultor que, ao aderir ao programa, assina um termo de compromisso visando à recuperação ambiental de sua área.

De acordo com o superintendente de Licenciamento Ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Alisson Neves, em quatro anos de CAR, já foram assisitidos 15 mil imóveis rurais que abrangem 150 mil hectares de terras apenas no Distrito Federal (DF). “Quem não fez o CAR no DF, não o fez por opção, porque ele é gratuito”, disse Neves.

“Ao atender legislação, questão ambiental e produtor rural, o projeto quebra paradigmas e constrói soluções. O que fazemos é abrir uma conversa entre meio ambiente e agricultura”, acrescentou.

De acordo com o pesquisador do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) Alexandre Sampaio, o Código Florestal ajuda a proteger nascentes, que, segundo ele, são as torneiras das áreas rurais, e matas de galeria, que são as tubulações por onde a água escorre. “Não há necessidade de produção e conservação baterem cabeça. Elas podem andar juntas e se ajudarem”, afirmou o agrônomo.

Sampaio destacou que até mesmo a soja depende e se beneficia da polinização feita por organismos nativos como borboletas, abelhas e outros insetos. “A polinização natural representa um incremento de R$ 43 bilhões para a produção agrícola do país. Portanto, colocar em risco essa polinização representa um aumento do risco também para o lucro do produtor.”

Além disso, os cuidados a serem adotados pelos produtores agrícolas podem evitar futuras dificuldades em um mercado cada vez mais preocupado com a responsabilidade ambiental de empreendimentos desse tipo. “Tem também a questão da pressão externa via mercado, que pode ter uma influência ainda maior do que a da legislação. É aquela história: o órgão mais sensível do ser humano é o bolso. Se não tiver quem compre, ninguém produz”, acrescentou o agrônomo Leonel Generoso, da Secretaria de Meio Ambiente do DF, que participou da visita à fazenda.

Fonte

setembro 2019

16set(set 16)08:0020(set 20)17:00Curso Plataforma +Brasil Completo Setembro de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento da Plataforma +Brasil e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do módulo de transferências Voluntárias - Siconv

23set(set 23)08:0024(set 24)17:00A nova legislação de convênios e contratos de repasse setembro de 2019Curso Completo com foco na nova legislação de convênios e contratos de repasse

25set(set 25)08:3027(set 27)16:30Gestão de Frota VeículosConhecça uma visão diferenciada das atividades de Operação, Manutenção e Planejamento e Controle de Frota de Veículos.

30set08:0018:00Tudo sobre o Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde - SIOPS - Setembro de 2019O programa aqui exposto visa trazer conceitos ligados ao SIOPS e todas as recentes alterações promovidas no sistema

outubro 2019

01out08:0018:00Gerenciamento do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação – SIOPE – Outubro de 2019Administrando corretamente os recursos da Educação através do SIOPE e do SIGARP

02out(out 2)08:3004(out 4)16:30Folha de Pagamento do Funcionalismo PúblicoSaiba elaborar a folha de pagamento de servidores públicos corretamente.

07out(out 7)08:0011(out 11)17:00Curso Plataforma +Brasil Completo Outubro de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento da Plataforma +Brasil e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do módulo de transferências Voluntárias - Siconv

14out(out 14)08:0018(out 18)17:00SIAFI Week Avançado Outubro 2019Aprofunde os conhecimentos para atuar na área de execução orçamentária, financeira e contábil através do SIAFI

21out(out 21)08:0022(out 22)18:00Emendas Parlamentares outubro de 2019Entenda o processo de captação de recursos através de emendas parlamentares

23out(out 23)08:3025(out 25)16:30Gestão da Comunicação e Mídias Sociais para a Administração PúblicaConheça os novos paradigmas da comunicação e debata os desafios impostos pela velocidade da comunicação no mundo digital.

28out(out 28)08:0029(out 29)17:00Curso prático de elaboração de termos de referência e projetos básicos outubro de 2019Assegure-se que o processo de licitação será econômico e juridicamente eficiente.

30out01novRevisão, Reequilíbrio e Reajuste de Contratos PúblicosConheça a legislação atualizada, a visão do Tribunal de Contas da União (TCU) e Jurisprudências na prática sobre o assunto.

novembro 2019

30out01novRevisão, Reequilíbrio e Reajuste de Contratos PúblicosConheça a legislação atualizada, a visão do Tribunal de Contas da União (TCU) e Jurisprudências na prática sobre o assunto.

06nov(nov 6)08:3008(nov 8)16:30Formação de Gestores e Fiscais de ContratosConheça os procedimentos, técnicas, responsabilidades, controles, ações e relatórios. Sob a perspectiva da nova instrução normativa nº 05/2017-SEGES/MPDG

11nov08:0018:00Simec Introdução ao PAR novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC na fase preparatória

12nov08:0018:00Simec Fase de Diagnóstico do PAR novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Diagnóstico do PAR

13nov08:0018:00Simec Fase de Planejamento e Execução novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Planejamento e Execução

14nov08:0017:00Regularizando a situação no novo CAUCO Cauc mudou… conheça na prática e objetivamente como regularizar e atualizar a inadimplência de sua instituição.

18nov(nov 18)08:0022(nov 22)17:00Curso Plataforma +Brasil Completo Novembro de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento da Plataforma +Brasil e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do módulo de transferências Voluntárias - Siconv

25nov(nov 25)08:0026(nov 26)17:00A nova legislação de convênios e contratos de repasse Novembro de 2019Curso Completo com foco na nova legislação de convênios e contratos de repasse

27nov(nov 27)08:3029(nov 29)16:30Formação de Gestores Públicos e Ordenadores de Despesas – Uma visão estratégicaSeja capaz de introduzir em sua Administração o Plano Estratégico por meio de Projetos

Conheça a relação de cursos presenciais da I9 Treinamentos para o ano de 2019. Novos cursos e professores renomados. Clique na imagem abaixo e fique sabendo muito mais…

Conheça cursos presenciais I9 Treinamentos 2019

Rolar para cima
X