Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Projeto aumenta transparência nas agências reguladoras

Projeto aumenta transparência nas agências reguladoras

Projeto aumenta transparência nas agências reguladoras

Projeto aumenta transparência nas agências reguladoras – Os processos administrativos das agências reguladoras destinados a apurar infrações nos setores de transporte e telecomunicações deverão seguir como regra geral o princípio da publicidade estabelecido pela Constituição, tornando-se exceção a tramitação dos processos em sigilo. É o que prevê o projeto do senador José Serra (PSDB-SP), que também aumenta para R$ 100 milhões o teto das multas a serem aplicadas pelas agências.

PLS 214/2018 modifica a legislação que rege as agências nacionais de Transportes Terrestres (ANTT), de Transporte Aquaviário (Antaq) e de Telecomunicações (Anatel), determinando as condições em que as agências deverão guardar sigilo sobre processos administrativos e vedando o não-compartilhamento das informações requeridas por órgãos de controle. Projeto aumenta transparência nas agências reguladoras.

Leia Também:

MEC e FNDE lançam o primeiro Centro Colaborador de Apoio ao Transporte Escolar

Ao justificar sua proposição, José Serra argumenta que, com o aumento da experiência do Brasil com agências reguladoras, a falta de transparência nos processos administrativos tornou-se insustentável. Ele salientou que, em várias situações, nem mesmo deputados e senadores foram atendidos ao requererem informações das agências.

— Nesse contexto, as agências reguladoras acumulam centenas e centenas de processos sigilosos sobre apuração de infrações das empresas concessionárias. Nos termos da atual legislação, não é sequer possível acompanhar as causas de instauração dos processos — lembrou. Projeto aumenta transparência nas agências reguladoras.

O projeto ainda atualiza os valores das multas em face das “grandezas bilionárias” atualmente verificados nos contratos, de modo a “inibir comportamentos oportunistas” das concessionárias. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aguarda o relatório do senador Eduardo Braga (MDB-AM) para emitir seu parecer terminativo sobre a proposição. Projeto aumenta transparência nas agências reguladoras.

Fonte

Siconv Completo em Brasília no mês de Setembro de 2018. O décimo segundo curso completo promovido pela I9 Treinamentos, atualizado, reconhecido e agora com 4 opções de investimento que cabem no seu bolso. Não perca tempo com cursos desatualizados e ministrados por profissionais que desconhecem o assunto. Clique na imagem e saiba mais, muito mais…

Siconv completo em Brasília 12

Cursos em Destaque

error: Conteúdo protegido!!! Crie, não copie!!!
Rolar para cima
X