Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Os consumidores precisam de um novo modelo de impostos

Os consumidores precisam de um novo modelo de impostos

Os consumidores precisam de um novo modelo de impostos

Consumo liberado, renda e patrimônio devem ser tributados

Os consumidores precisam de um novo modelo de impostos – O dia 30 de maio passado foi escolhido pelos comerciantes para, mais uma vez, realizarem o Dia da Liberdade de Impostos, quando vendem seus produtos descontando o valor neles tributado. O objetivo foi denunciar o que consideram a alta tributação brasileira. Quem abasteceu seu carro ou moto num posto participante do evento pagou R$ 2,52 pelo litro de gasolina, o que corresponde a um desconto de 42% do preço total, referente aos tributos diretos incidentes no produto.

O protesto, que foi criado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte e se espalhou pelo país, além de ser uma ação de marketing, tem um valor pedagógico, por ser uma oportunidade para a população discutir a necessidade de uma reforma tributária, um tema tão fundamental e, ao mesmo tempo, tão secundarizado. E a ação trata de um ponto crucial da nossa economia: a excessiva incidência de tributos nos bens e serviços.

Ao contrário do que é denunciado, a carga tributária brasileira não está entre as mais altas do mundo. Ela é compatível com a dos 35 países que fazem parte da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O problema do Brasil reside na qualidade dos impostos. É urgente alterar e dar eficiência ao sistema tributário brasileiro, para fazer justiça e diminuir as desigualdades.

Leia também:

Mordomias de ex-presidentes custam caro ao contribuinte

É necessário criar um sistema com mais progressividade, promovendo a redistribuição das bases de incidência da tributação, com a desoneração de bens e serviços como forma de reativar o setor produtivo. Dessa forma, promover o crescimento econômico sem aumento de imposto. É necessário realizar mudanças efetivas, pois as injustiças do modelo tributário são tão grandes que, quando se desonerou a cesta básica, os milionários foram mais contemplados do que os mais pobres.

O Brasil precisa deslocar a incidência de tributos nos bens e serviços em direção aos capitais improdutivos, localizados no lucro, dividendos, grandes fortunas (acima de R$ 10 milhões), movimentação financeira e impostos na exportação. Ao mesmo tempo, promover a desoneração da folha de pagamento dos setores intensivos na geração de mão de obra, como forma de reanimar e contribuir para uma retomada do setor industrial. Com a medida, é possível estimular novas contratações, diminuir o desemprego, aumentar a competitividade e também os salários, além de reduzir os custos das empresas.

Uma reforma tributária que priorize o reequilíbrio do pacto federativo e que faça, por exemplo, a revogação da Lei Kandir, que tira R$ 40 bilhões por ano dos Estados e municípios exportadores de bens primários. Minas Gerais, que tem como atividade principal a produção de minérios e proteínas animal e vegetal, atualmente é um dos mais prejudicados. É válido manter a mesma carga tributária, mas promovendo uma ampliação na distribuição aos entes federados, evitando a quebradeira dos subnacionais e o colapso nos seus
serviços públicos.

É necessária também a criação de um novo tributo para alcançar as economias subterrâneas que estão na informalidade ou que promovem grandes sonegações. Elas precisam ser tributadas ou recolhidas para os cofres da União, dos Estados e dos munícipios, podendo gerar R$ 100 bilhões em impostos por ano.

Fazer justiça tributária é o único caminho para a redução das desigualdades de renda. Uma forma de promover o financiamento da proteção social e buscar o reequilíbrio do pacto federativo.

Fonte

Conheça a relação de cursos online e ao vivo da I9 Treinamentos para o ano de 2019. Novos cursos e professores renomados. Clique na imagem abaixo e fique sabendo muito mais…

Conheça cursos presenciais I9 Treinamentos 2019

junho 2019

24jun(jun 24)08:0025(jun 25)17:00Gestão do Patrimônio Público sob ótica das NBCASPConheça as modernas técnicas de suprimentos e gestão de materiais e principalmente, na área pública o Desfazimento de Bens.

26jun(jun 26)08:3028(jun 28)16:30Orçamento Público integrado com Execução Orçamentária, Financeira e ContábilCompreenda os fundamentos e princípios que norteiam o ciclo orçamentário e seus instrumentos de gestão pública referentes aos recursos públicos.

julho 2019

01jul08:0002(jul 2)17:00Contratação de Serviços Terceirizados em três momentosTudo sobre Contratação de Serviços Terceirizados em três momentos: Planejamento da licitação, seleção de propostas e gerenciamento do contrato.

03jul(jul 3)08:3005(jul 5)16:30Curso de Siconv compactoCurso compacto para aqueles que tem pouco tempo e querem aprender sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização.

08jul(jul 8)08:0009(jul 9)17:00Marco Regulatório das Organizações da Sociedade CivilPrepare editais de seleção de organizações da sociedade civil que assegurem processos econômicos e juridicamente eficientes.

10jul(jul 10)08:3012(jul 12)16:30Cerimonial, Protocolo e Organização de EventosHabilite-se a executar solenidades com excelência.

15jul(jul 15)08:0019(jul 19)17:00Curso Siconv Completo Julho de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do Siconv

22jul08:0018:00Tudo sobre o SistecTudo sobre o Sistec

24jul08:0018:00Simec Introdução ao PAR julho de 2019compreenda a correta utilização do SIMEC na fase preparatória

25jul08:0018:00Simec Fase de Diagnóstico do PAR julho de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Diagnóstico do PAR

26jul08:0018:00Simec Fase de Planejamento e Execução julho de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Planejamento e Execução

29jul(jul 29)08:3031(jul 31)16:30Tesouro Gerencial AvançadoExecute as funções do sistema Tesouro Gerencial

agosto 2019

01ago08:0002(ago 2)17:00Gestão descomplicada de Termos de Execução Descentralizada julho de 2019Conheça as formas de qualificação, apresentação, formalização, execução e fiscalização de termos de execução descentralizada.

05ago(ago 5)08:0009(ago 9)17:00Curso Siconv Completo Agosto de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do Siconv

12ago(ago 12)08:3014(ago 14)16:30Desenvolvimento e Capacitação pra Pregoeiros e Equipe de ApoioSeja capaz de realizar pregões presenciais e eletrônicos na prática.

15ago(ago 15)08:0016(ago 16)17:00Elaboração de Projetos na práticaIdentifique os conceitos, diferencie as principais abordagens metodológicas e organize o seu plano de projeto

19ago(ago 19)08:3021(ago 21)16:30Esocial na Administração Pública incluindo os novos layoutsCurso fundamental para capacitar os profissionais a fim de prestarem corretamente as informações ao eSocial.

22ago(ago 22)08:0023(ago 23)17:00Curso completo de SISMOB agosto de 2019Conheça a nova versão do Sistema de Monitoramento de Obras (Sismob).

26ago(ago 26)08:3028(ago 28)16:30Curso de Retenção de tributos em notas fiscaisConheça de forma clara e objetiva os procedimentos das retenções dos tributos (IRRF, INSS, PIS, COFINS, CSLL e ISS)

29ago(ago 29)08:0030(ago 30)18:00Emendas Parlamentares agosto de 2019Entenda o processo de captação de recursos através de emendas parlamentares