Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
ONG não prestou contas de meio bilhão para índios

ONG não prestou contas de meio bilhão para índios

ONG não prestou contas de meio bilhão para índios

Quantia milionária deveria ser usada para ações de saúde e atendimento aos índios

ONG não prestou contas de meio bilhão para índios – Responsável por gerir profissionais em 19 dos 34 distritos de saúde indígena do Brasil em troca de milhões do Ministério da Saúde, a Missão Guarani Caiuá, entidade de Mato Grosso do Sul ligada a Igrejas Presbiterianas (do Brasil e independente), é suspeita de contratar funcionários fantasmas. Relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), de 2017, aponta indícios da ilegalidade. 

Conforme levantamento da reportagem do Correio do Estado, com dados do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União, entre 2013 e 2018 a entidade recebeu pelo menos R$ 550,7 milhões provenientes de sete convênios com o governo federal na gestão dos Departamento Sanitário Especial Indígena (Dsei), unidade gestora descentralizada do Subsistema de Atenção à Saúde Indígena (SasiSUS). Apesar de encerradas, as parcerias não tiveram as prestações de contas encaminhada por completo ao ministério. 

O relatório do TCU, relativo a fiscalizações feitas entre os anos de 2014 e 2015, aponta que nestes dois anos foram destinados R$ 1,36 bilhão à três instituições não governamentais para gerir saúde indígena no Brasil.  Além da Missão Evangélica Caiuá, também receberam recursos a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), em São Paulo (SP); e o  Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), em Recife (PE).

Somadas, as três entidades chegaram a contratar 15.319 profissionais durante os dois anos que foram abrangidos pela fiscalização. Dessas contratações, constataram-se 1.398 indícios de acumulação de vínculos trabalhistas com carga horária incompatível com aquela que o TCU considera como máxima possível, que é de 60 horas semanais. Conforme o relatório, muitos profissionais acumulavam o cargo com outros de instituições públicas e, considerando que atuação nas ONGs exige muitas vezes visitas às aldeias, jornadas tão pesadas seriam “incompatíveis com as atividades a serem realizadas no âmbito do SasiSUS”. 

Leia também:

Ações da CGU retornam mais de 7 bilhões aos cofres públicos em 2018

APURAÇÕES

Representante do Conselho do Terena de Mato Grosso do Sul e coordenador-executivo da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apip), Lindomar Terena enfatiza que, anos atrás, o movimento indígena chegou a denunciar a Missão Caiuá ao Ministério Público Federal (MPF) por suspeita de a entidade financiar funcionários fantasmas em cargos do alto escalão. “É evidente que há ONGs com as que trabalhamos bem, mas também tem outras que têm condutas que desaprovamos”, afirma.  

Em consulta processual ao banco de dados do MPF, em nome da Missão Evangélica Caiuá, foi encontrado apenas um auto judicial, uma recomendação e um termo de ajustamento de conduta. Nenhum deles era referente a apurações relacionadas a cargos fantasmas. O MPF não respondeu aos questionamentos da reportagem sobre inquéritos relacionadas a ONG.  

Conforme o presidente da Missão Evangélica Caiuá, Silas de Souza da Silva, a entidade mantém atualmente 19 convênios com o governo federal no País e atua na contratação de profissionais para atuar na atenção básica de reservas e aldeias indígenas. 

Diante dos questionamentos do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, na última semana, sobre os repasses milionários à entidade nos últimos anos, Silas explica que a missão tenta agendar encontro com o novo gestor. “Queremos esclarecer situações que são um pouco controversas”. O presidente não respondeu a outros questionamentos feitos pela reportagem. 

Fonte

outubro 2019

14out(out 14)08:0018(out 18)17:00SIAFI Week Avançado Outubro 2019Aprofunde os conhecimentos para atuar na área de execução orçamentária, financeira e contábil através do SIAFI

21out(out 21)08:0022(out 22)18:00Emendas Parlamentares outubro de 2019Entenda o processo de captação de recursos através de emendas parlamentares

23out(out 23)08:3025(out 25)16:30Gestão da Comunicação e Mídias Sociais para a Administração PúblicaConheça os novos paradigmas da comunicação e debata os desafios impostos pela velocidade da comunicação no mundo digital.

28out(out 28)08:0029(out 29)17:00Curso prático de elaboração de termos de referência e projetos básicos outubro de 2019Assegure-se que o processo de licitação será econômico e juridicamente eficiente.

30out01novRevisão, Reequilíbrio e Reajuste de Contratos PúblicosConheça a legislação atualizada, a visão do Tribunal de Contas da União (TCU) e Jurisprudências na prática sobre o assunto.

novembro 2019

30out01novRevisão, Reequilíbrio e Reajuste de Contratos PúblicosConheça a legislação atualizada, a visão do Tribunal de Contas da União (TCU) e Jurisprudências na prática sobre o assunto.

06nov(nov 6)08:3008(nov 8)16:30Formação de Gestores e Fiscais de ContratosConheça os procedimentos, técnicas, responsabilidades, controles, ações e relatórios. Sob a perspectiva da nova instrução normativa nº 05/2017-SEGES/MPDG

11nov08:0018:00Simec Introdução ao PAR novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC na fase preparatória

12nov08:0018:00Simec Fase de Diagnóstico do PAR novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Diagnóstico do PAR

13nov08:0018:00Simec Fase de Planejamento e Execução novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Planejamento e Execução

14nov08:0017:00Regularizando a situação no novo CAUCO Cauc mudou… conheça na prática e objetivamente como regularizar e atualizar a inadimplência de sua instituição.

18nov(nov 18)08:0022(nov 22)17:00Curso Plataforma +Brasil Completo Novembro de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento da Plataforma +Brasil e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do módulo de transferências Voluntárias - Siconv

25nov(nov 25)08:0026(nov 26)17:00A nova legislação de convênios e contratos de repasse Novembro de 2019Curso Completo com foco na nova legislação de convênios e contratos de repasse

27nov(nov 27)08:3029(nov 29)16:30Formação de Gestores Públicos e Ordenadores de Despesas – Uma visão estratégicaSeja capaz de introduzir em sua Administração o Plano Estratégico por meio de Projetos

dezembro 2019

02dez(dez 2)08:3004(dez 4)16:30Esocial na Administração Pública incluindo os novos layouts dezembro de 2019Curso fundamental para capacitar os profissionais a fim de prestarem corretamente as informações ao eSocial.

05dez(dez 5)08:0006(dez 6)17:00Novo Projeto Básico do Siconv compacto na prática Dezembro de 2019Teoria e prática do novíssimo projeto básico do Sistema de Gestão de Convênios do Governo Federal – Siconv.

09dez(dez 9)08:3011(dez 11)18:00Curso Completo de Contabilidade Pública - Encerramento de exercícioEsteja apto a identificar conceitos e características da contabilidade aplicada ao setor público para o encerramento de exercício.

16dez(dez 16)08:0020(dez 20)17:00Curso Plataforma +Brasil Completo Dezembro de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento da Plataforma +Brasil e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do módulo de transferências Voluntárias - Siconv

Conheça o calendário de cursos da I9 Treinamentos para o ano de 2019. Novos cursos e professores renomados. Clique na imagem abaixo e fique sabendo muito mais…

Calendário de Cursos da I9 Treinamentos para 2019

Cursos em Destaque

Rolar para cima
X