Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Ministério da Educação pretende fazer Enem digital em 2020

Ministério da Educação pretende fazer Enem digital em 2020

Ministério da Educação pretende fazer Enem digital em 2020

Ministro Abraham Weintraub comentou ainda sobre o congelamento de recursos de universidades federais, mudanças no Fundeb e novo programa para substituir o Pronatec

Ministério da Educação pretende fazer Enem digital em 2020 – Há dois meses no comando do Ministério da Educação, Abraham Weintraub acumula polêmicas, já enfrentou duas manifestações contra o congelamento de recursos e críticas de ex-ministros da pasta. Ele, no entanto, afirma que não se arrepende de ter dito que há balbúrdia nas universidades

Em entrevista exclusiva, o ministro adianta pontos de seu plano de trabalho, como um projeto-piloto para modernizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2020.

Segundo o ministro, algumas provas deverão ser feitas pelo computador, com segurança garantida via reconhecimento facial ou digital. Para o ministro, o formato da prova está desatualizado:

— O atual modelo é medieval. Eu fiz provas deste jeito, a minha mãe também.

Embora tenha um esboço das mudanças, Weintraub evita detalhar o novo Enem. Ele afirma que a edição deste ano está garantida e que não terá problemas de segurança. A recente demissão de um diretor responsável pelo examenão comprometerá o processo, segundo o ministro.

Rio Grande do Sul

Weintraub considera que a educação no Estado está afundando. Entre os motivos,  segundo ele, está  a “trágica” situação econômica do Rio Grande do Sul.

Fundeb

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) vence em 2020 e um novo modelo está sendo discutido no Congresso. O MEC está trabalhando diretamente com a deputada Professora Dorinha Seabra (DEM-TO) nas modificações do Fundeb. A principal proposta é condicionar a liberação de verba ao desempenho de cada município. Quem não alcançar os índices ficará de fora.

Nesse caso, cada Estado terá a missão de implementar os seus indicadores. Além de alcançar as metas, os prefeitos terão que se enquadrar em critérios econômicos: apenas os mais pobres serão contemplados. Capitais como Porto Alegre e São Paulo não terão direito ao Fundeb.

Universidades federais

A ideia é submeter as universidades federais a um modelo semelhante ao da empresa que administra hospitais federais universitários. Ele garante que há reitores dispostos a aderir ao sistema, que permite maior autonomia na gestão.

Também há intenção de alterar o regime de aposentadoria dos novos professores para evitar rombo no orçamento. O MEC ainda encaminhará projeto para assegurar que as instituições possam captar recursos junto à iniciativa privada. O ministro é a favor da cobrança de mensalidade apenas para cursos de pós-graduação.

Universidades privadas

O ministro pretende valorizar as universidades privadas, que, segundo ele, são responsáveis por 80% dos alunos no ensino superior.

Questionado sobre a qualidade das faculdades, entende que é uma questão de livre escolha do aluno e que a fiscalização deve, principalmente, cobrir cursos que afetam diretamente a vida de terceiros, como Medicina e Odontologia.

Bolsa

O governo vai criar uma bolsa para estudantes com as maiores notas do Enem que tenham interesse em cursar Pedagogia. Não importará o nível de renda, mas o resultado na prova. O lançamento ainda depende da Casa Civil.

Leia também:

Manutenção do Fundeb e PNE é pauta do Ministério da Educação

Orçamento congelado

A liberação dos recursos das universidades e institutos federais, que estão contingenciados, ocorrerá de acordo com o ritmo da votação da reforma da Previdência.

O ministro acredita que, com a aprovação em primeiro turno na Câmara, já haverá um ânimo melhor na economia e a verba poderá ser descongelada.

Creches

A partir do próximo ano, a ideia do MEC é repassar recursos diretamente para os municípios, que poderão, em um primeiro momento, investir na compra de vouchers (vagas nas escolas privadas) ou na construção dos prédios.

Pronatec

 O ministro antecipou que haverá outro programa para expandir o ensino técnico, mas não nos moldes do Pronatec.

— Alguém reclama que acabou? Não. Graças a Deus que acabou — disse, em crítica ao programa do governo Dilma.

Weintraub considera que é melhor ser um “ótimo técnico” a “uma porcaria de formado”. 

Fonte

Conheça o calendário de cursos da I9 Treinamentos para o ano de 2019. Novos cursos e professores renomados. Clique na imagem abaixo e fique sabendo muito mais…

outubro 2019

21out(out 21)08:0022(out 22)18:00Emendas Parlamentares outubro de 2019Entenda o processo de captação de recursos através de emendas parlamentares

23out(out 23)08:3025(out 25)16:30Gestão da Comunicação e Mídias Sociais para a Administração PúblicaConheça os novos paradigmas da comunicação e debata os desafios impostos pela velocidade da comunicação no mundo digital.

28out(out 28)08:0029(out 29)17:00Curso prático de elaboração de termos de referência e projetos básicos outubro de 2019Assegure-se que o processo de licitação será econômico e juridicamente eficiente.

30out01novRevisão, Reequilíbrio e Reajuste de Contratos PúblicosConheça a legislação atualizada, a visão do Tribunal de Contas da União (TCU) e Jurisprudências na prática sobre o assunto.

novembro 2019

30out01novRevisão, Reequilíbrio e Reajuste de Contratos PúblicosConheça a legislação atualizada, a visão do Tribunal de Contas da União (TCU) e Jurisprudências na prática sobre o assunto.

06nov(nov 6)08:3008(nov 8)16:30Formação de Gestores e Fiscais de ContratosConheça os procedimentos, técnicas, responsabilidades, controles, ações e relatórios. Sob a perspectiva da nova instrução normativa nº 05/2017-SEGES/MPDG

11nov08:0018:00Simec Introdução ao PAR novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC na fase preparatória

12nov08:0018:00Simec Fase de Diagnóstico do PAR novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Diagnóstico do PAR

13nov08:0018:00Simec Fase de Planejamento e Execução novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Planejamento e Execução

14nov08:0017:00Regularizando a situação no novo CAUCO Cauc mudou… conheça na prática e objetivamente como regularizar e atualizar a inadimplência de sua instituição.

18nov(nov 18)08:0022(nov 22)17:00Curso Plataforma +Brasil Completo Novembro de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento da Plataforma +Brasil e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do módulo de transferências Voluntárias - Siconv

25nov(nov 25)08:0026(nov 26)17:00A nova legislação de convênios e contratos de repasse Novembro de 2019Curso Completo com foco na nova legislação de convênios e contratos de repasse

27nov(nov 27)08:3029(nov 29)16:30Formação de Gestores Públicos e Ordenadores de Despesas – Uma visão estratégicaSeja capaz de introduzir em sua Administração o Plano Estratégico por meio de Projetos

dezembro 2019

02dez(dez 2)08:3004(dez 4)16:30Esocial na Administração Pública incluindo os novos layouts dezembro de 2019Curso fundamental para capacitar os profissionais a fim de prestarem corretamente as informações ao eSocial.

05dez(dez 5)08:0006(dez 6)17:00Novo Projeto Básico do Siconv compacto na prática Dezembro de 2019Teoria e prática do novíssimo projeto básico do Sistema de Gestão de Convênios do Governo Federal – Siconv.

09dez(dez 9)08:3011(dez 11)18:00Curso Completo de Contabilidade Pública - Encerramento de exercícioEsteja apto a identificar conceitos e características da contabilidade aplicada ao setor público para o encerramento de exercício.

16dez(dez 16)08:0020(dez 20)17:00Curso Plataforma +Brasil Completo Dezembro de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento da Plataforma +Brasil e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do módulo de transferências Voluntárias - Siconv

Calendário de Cursos da I9 Treinamentos para 2019

Cursos em Destaque

Rolar para cima
X