Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Metade dos colégios brasileiros não tem rede de esgoto

Metade dos colégios brasileiros não tem rede de esgoto

Metade dos colégios brasileiros não tem rede de esgoto

O drama das escolas sem água e sem banheiros: 16% não contam com instalações sanitárias no prédio

Metade dos colégios brasileiros não tem rede de esgoto – Em alguns colégios do país, o simples gesto de levantar a mão para pedir à professora para ir ao banheiro pode virar uma dor de cabeça. Numa escola de Rio Branco, no Acre, alunos e mestres têm que usar as instalações sanitárias de uma padaria e uma borracharia vizinhas.

Em alguns colégios do país, o simples gesto de levantar a mão para pedir à professora para ir ao banheiro pode virar uma dor de cabeça. Numa escola de Rio Branco, no Acre, alunos e mestres têm que usar as instalações sanitárias de uma padaria e uma borracharia vizinhas.

O drama se repete em milhares de escolas do país. De acordo com o Censo Escolar 2018, do Instituto Nacional Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), das 181,9 mil escolas da educação básica (ensino infantil, fundamental e médio), 16% não contam com banheiro dentro do prédio da escola; 49% não estão ligadas à rede de esgoto; 26% não possuem acesso a água encanada; e 21% não contam com coleta periódica de lixo.

Também no Censo Escolar ficam bem evidentes as desigualdades regionais. No Rio de Janeiro, 99% das escolas contam com coleta de lixo, 90% estão ligadas à rede de água e 85% à rede de esgoto. Uma realidade bem diferente do Acre, por exemplo, um dos estados com os piores índices do país nesses quesitos. Apenas 23% das escolas do estado têm água potável jorrando das torneiras. A cada dez colégios, só um está ligado à rede de coleta de esgoto. Em relação à coleta de lixo, somente 37% das instituições escolares possuem o serviço de forma periódica.

Também em Rio Branco, Janaína Vale Brito viveu o drama de trabalhar numa escola sem água no começo da carreira de professora, há 30 anos. O diretor do colégio pegava água gelada na vizinha para oferecer aos alunos. Sem uma gota nas torneiras, não havia como fazer merenda para as crianças.

Caminhão-pipa

Hoje, Janaína é diretora da Escola Municipal Anice Dib Jatene, onde a realidade é bem diferente, com rede de esgoto e água potável. Mas a mudança foi relativamente recente:

— De uns anos para cá, vem um caminhão-pipa, dia sim, dia não, para encher a caixa d’água — conta. — Há 15 anos a rua era de barro e só havia uma fossa. Tudo muito ruim — diz Janaína, que viu a melhoria nos serviços básicos afetar o desempenho dos alunos.

A relação entre a falta de infraestrutura básica nos colégios e o baixo desempenho escolar é confirmada pelas estatísticas. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da capital do Acre, Rio Branco, para os anos iniciais do ensino fundamental, é de 6,4. O indicador considera três fatores na avaliação: a Prova Brasil, realizada pelos estudantes ao final de cada segmento, a qualificação técnica dos professores e a infraestrutura da escola.

Não por coincidência, a pior nota do Ideb na mesma cidade é da Escola Marilene Mansour, com 5,4. O colégio não tem rede de esgoto, apenas fossas.

— Em áreas rurais, uma escola pode ser um dos poucos espaços com infraestrutura digna para uma criança. Isso afeta desde o desenvolvimento dela até a saúde de sua família — analisa Roberta Werneck, doutora em estatísticas educacionais pela Universidade de São Paulo. — Quando falamos de água, estamos tratando também de controle de doenças e de alimentação. São fatores que impactam diretamente o resultado escolar do aluno.

Janaína Vale é diretora de uma unidade, em Rio Branco, que possui sanitários dentro do prédio. Mas esta não é a realidade de 41% dos estabelecimentos de ensino do estado.

— A ausência de saneamento pode impactar a dinâmica da escola, já que, para usar o banheiro, o aluno precisa fazer um deslocamento. Discute-se muito sobre como criar condições para uma aula ser mais interessante, mas os desafios para algumas regiões do país são ainda mais complexos — diz Roberta.

Fonte

Conheça a relação de cursos online e ao vivo da I9 Treinamentos para o ano de 2019. Novos cursos e professores renomados. Clique na imagem abaixo e fique sabendo muito mais…

Conheça cursos presenciais I9 Treinamentos 2019

outubro 2019

21out(out 21)08:0022(out 22)18:00Emendas Parlamentares outubro de 2019Entenda o processo de captação de recursos através de emendas parlamentares

23out(out 23)08:3025(out 25)16:30Gestão da Comunicação e Mídias Sociais para a Administração PúblicaConheça os novos paradigmas da comunicação e debata os desafios impostos pela velocidade da comunicação no mundo digital.

28out(out 28)08:0029(out 29)17:00Curso prático de elaboração de termos de referência e projetos básicos outubro de 2019Assegure-se que o processo de licitação será econômico e juridicamente eficiente.

30out01novRevisão, Reequilíbrio e Reajuste de Contratos PúblicosConheça a legislação atualizada, a visão do Tribunal de Contas da União (TCU) e Jurisprudências na prática sobre o assunto.

novembro 2019

30out01novRevisão, Reequilíbrio e Reajuste de Contratos PúblicosConheça a legislação atualizada, a visão do Tribunal de Contas da União (TCU) e Jurisprudências na prática sobre o assunto.

06nov(nov 6)08:3008(nov 8)16:30Formação de Gestores e Fiscais de ContratosConheça os procedimentos, técnicas, responsabilidades, controles, ações e relatórios. Sob a perspectiva da nova instrução normativa nº 05/2017-SEGES/MPDG

11nov08:0018:00Simec Introdução ao PAR novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC na fase preparatória

12nov08:0018:00Simec Fase de Diagnóstico do PAR novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Diagnóstico do PAR

13nov08:0018:00Simec Fase de Planejamento e Execução novembro de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Planejamento e Execução

14nov08:0017:00Regularizando a situação no novo CAUCO Cauc mudou… conheça na prática e objetivamente como regularizar e atualizar a inadimplência de sua instituição.

18nov(nov 18)08:0022(nov 22)17:00Curso Plataforma +Brasil Completo Novembro de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento da Plataforma +Brasil e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do módulo de transferências Voluntárias - Siconv

25nov(nov 25)08:0026(nov 26)17:00A nova legislação de convênios e contratos de repasse Novembro de 2019Curso Completo com foco na nova legislação de convênios e contratos de repasse

27nov(nov 27)08:3029(nov 29)16:30Formação de Gestores Públicos e Ordenadores de Despesas – Uma visão estratégicaSeja capaz de introduzir em sua Administração o Plano Estratégico por meio de Projetos

dezembro 2019

02dez(dez 2)08:3004(dez 4)16:30Esocial na Administração Pública incluindo os novos layouts dezembro de 2019Curso fundamental para capacitar os profissionais a fim de prestarem corretamente as informações ao eSocial.

05dez(dez 5)08:0006(dez 6)17:00Novo Projeto Básico do Siconv compacto na prática Dezembro de 2019Teoria e prática do novíssimo projeto básico do Sistema de Gestão de Convênios do Governo Federal – Siconv.

09dez(dez 9)08:3011(dez 11)18:00Curso Completo de Contabilidade Pública - Encerramento de exercícioEsteja apto a identificar conceitos e características da contabilidade aplicada ao setor público para o encerramento de exercício.

16dez(dez 16)08:0020(dez 20)17:00Curso Plataforma +Brasil Completo Dezembro de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento da Plataforma +Brasil e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do módulo de transferências Voluntárias - Siconv

Cursos em Destaque

Rolar para cima
X