Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
IBGE mostra que Brasil tem recorde de trabalhadores sem carteira assinada

IBGE mostra que Brasil tem recorde de trabalhadores sem carteira assinada

IBGE mostra que Brasil tem recorde de trabalhadores sem carteira assinada

IBGE mostra que Brasil tem recorde de trabalhadores sem carteira assinada – O mercado de trabalho brasileiro encerrou 2018 com recorde negativo, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (31). O número de pessoas trabalhando sem carteira assinada foi o maior da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) que tem início em 2012.

No mesmo período, o número de trabalhadores com registro formal em 2018 foi o menor registrado. Os dados tratam apenas dos trabalhadores do setor privado, excluindo domésticos.

Os dados apontam que o país teve, em média, 91,8 milhões de trabalhadores ocupados no ano passado. Deste total, 32,9 milhões não tinham carteira assinada. Na comparação com 2014, o país perdeu 3,7 milhões de postos formais, uma redução de 10,1% em quatro anos segundo a pesquisa.

Já o número de trabalhadores sem carteira assinada saltou de 10,4 milhões em 2014 para 11,2 milhões em 2018, uma alta de 7,8% no período.

“A queda na carteira de trabalho foi o primeiro indicador, até mesmo antes da desocupação, a mostrar a crise no mercado de trabalho. Somente quando ela voltar a crescer será o indicador do final desta crise”, afirmou o gerente da pesquisa, Cimar Azeredo.

O pesquisador enfatizou que a formalização do trabalho garante, além de maior rendimento ao trabalhador, uma série de garantias sociais, como o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e direito ao Seguro Desemprego.

Leia também:

Secretário diz que prioridade do governo é a geração de emprego

“A falta da proteção social e todos os benefícios que a formalidade garante não existe na informalidade, que tem crescido de maneira agressiva”, enfatizou.

Considerando a média do contingente total de trabalhadores ocupados no setor privado em 2018, mais de 25% trabalhava sem carteira assinada, ou seja, estavam na informalidade. Azeredo ponderou que o aumento do trabalho formal permitiu a queda na taxa de desocupação, mas tornou ainda mais expressiva a degradação do mercado de trabalho no país.

Questionado se há perspectiva de retomada na geração de postos formais, Azeredo disse que permanece uma tendência de queda na contração com carteira assinada. Porém, essa queda está estável, ou seja, sem sinais de aumento expressivo no curto prazo.

O pesquisador ressaltou, porém, que somente a melhora geral na economia do país será capaz de favorecer a retomada das contratações formais. “Quando tiver uma economia melhor, com abertura de indústrias, com o religamento de máquinas e a retomada de obras no setor da construção e voltarem a contratar, aí sim teremos esse efeito de carteira de trabalho assinada em crescimento”, disse.

Apesar da importância da carteira assinada, o cenário desfavorável do mercado de trabalho não se revela somente através da informalidade, segundo Azeredo. Outros indicadores revelados pela PNAD evidenciam a degradação. Um deles é a subutilização da força de trabalho, que registrou recorde no número de trabalhadores subocupados no país em 2018, além do desalento.

Se por um lado a informalidade tem ajudado a reduzir a desocupação, a subocupação e o desalento, Azeredo reiterou que ela não irá reformular o mercado de trabalho brasileiro. “É ilegal contratar sem carteira assinada no país. Industrias e empresas grandes não contratam trabalhadores informais. Então, quando a economia voltar a crescer, a carteira de trabalho também voltará a subir”, ressaltou.

Fonte

maio 2019

22mai(mai 22)08:3024(mai 24)16:30Legislação e prática sobre o Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDPSaiba efetuar a gestão da solicitação de diárias e passagens os órgãos e entidades da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional.

27mai(mai 27)08:0028(mai 28)17:00Curso prático de elaboração de termos de referência e projetos básicosAssegure-se que o processo de licitação será econômico e juridicamente eficiente.

29mai(mai 29)08:3031(mai 31)16:30Licitação e contratação de obras e serviços de engenhariaQuestões práticas sobre Licitação, Contratação, Gestão e Fiscalização de Obras e serviços de engenharia, incluindo aspectos fundamentais sobre anteprojeto, projeto básico, projeto executivo, orçamento, orientações do SINAPI, CAIXA e TCU.

junho 2019

03jun(jun 3)08:0004(jun 4)18:00Emendas Parlamentares junho de 2019Entenda o processo de captação de recursos através de emendas parlamentares

05jun(jun 5)08:3007(jun 7)16:30Curso de Auditoria, Controle Interno, Governança e Gestão de Riscos no setor públicoTécnicas e rotinas de acordo com as Normas de Auditoria e Gestão de Riscos Aplicáveis ao Setor Público

10jun(jun 10)08:0014(jun 14)17:00Curso Siconv Completo Junho de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do Siconv

17jun(jun 17)08:0018(jun 18)17:00Plataforma +Brasil Junho de 2019 Incluindo atualizações do SiconvPlataforma +Brasil Junho de 2019 incluindo atualizações do Siconv

19jun(jun 19)08:0021(jun 21)17:00A nova matriz de saldos contábeis – MSC através do SICONFISaiba tudo sobre o SICONFI e desenvolva todas as suas potencialidades.

24jun(jun 24)08:0025(jun 25)17:00Gestão do Patrimônio Público sob ótica das NBCASPConheça as modernas técnicas de suprimentos e gestão de materiais e principalmente, na área pública o Desfazimento de Bens.

26jun(jun 26)08:3028(jun 28)16:30Orçamento Público integrado com Execução Orçamentária, Financeira e ContábilCompreenda os fundamentos e princípios que norteiam o ciclo orçamentário e seus instrumentos de gestão pública referentes aos recursos públicos.

julho 2019

01jul08:0002(jul 2)17:00Contratação de Serviços Terceirizados em três momentosTudo sobre Contratação de Serviços Terceirizados em três momentos: Planejamento da licitação, seleção de propostas e gerenciamento do contrato.

03jul(jul 3)08:3005(jul 5)16:30Curso de Siconv compactoCurso compacto para aqueles que tem pouco tempo e querem aprender sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização.

08jul(jul 8)08:0009(jul 9)17:00Marco Regulatório das Organizações da Sociedade CivilPrepare editais de seleção de organizações da sociedade civil que assegurem processos econômicos e juridicamente eficientes.

10jul(jul 10)08:3012(jul 12)16:30Cerimonial, Protocolo e Organização de EventosHabilite-se a executar solenidades com excelência.

15jul(jul 15)08:0019(jul 19)17:00Curso Siconv Completo Julho de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do Siconv

24jul08:0018:00Simec Introdução ao PAR julho de 2019compreenda a correta utilização do SIMEC na fase preparatória

25jul08:0018:00Simec Fase de Diagnóstico do PAR julho de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Diagnóstico do PAR

26jul08:0018:00Simec Fase de Planejamento e Execução julho de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Planejamento e Execução

29jul(jul 29)08:3031(jul 31)16:30Tesouro Gerencial AvançadoExecute as funções do sistema Tesouro Gerencial

Conheça a relação de cursos presenciais da I9 Treinamentos para o ano de 2019. Novos cursos e professores renomados. Clique na imagem abaixo e fique sabendo muito mais…

Conheça cursos presenciais I9 Treinamentos 2019

Cursos em Destaque