Simec PAR e Obras 2.0

Objetivos do Curso

Orientar dirigentes municipais de educação, técnicos responsáveis e engenheiros a compreender e executar com propriedade o SIMEC Obras 2.0 em consonância com o PAR, garantindo a implementação de melhorias da gestão municipal e das ações de infraestrutura educacional. Auxiliar os gestores e demais responsáveis a prestar contas corretamente na aba SIMEC dos termos de compromissos executados.

Público Alvo

Dirigentes e secretários municipais de educação, técnicos municipais responsáveis pelo preenchimento do SIMEC, engenheiros e arquitetos responsáveis pelo monitoramento no sistema.

R$1.600,00R$1.800,00

Limpar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Conteúdo do Curso

Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle (Simec)
1. Visão Geral do Sistema
2. Cadastramento/Recadastramento no Simec
3. Introdução ao módulo Plano de Ações Articuladas (PAR)
a. Fundamentação Legal: Decreto 6094/2007; Lei Federal 12.695/2012

Plano de Ações Articuladas (PAR 2016-2020) – Verificação de pendências

Plano de Ações Articuladas (PAR 2021-2024) – Fase Preparatória
1. Fundamentação Legal do Plano de Ações Articuladas (PAR)
a. Decreto 6094/2007, Lei Federal 12.695/2012
2. Dados da Unidade
a. Cadastramento dos dados da Prefeitura, Prefeito, Secretaria de Educação e Dirigente Estadual/Municipal de Educação
b. Definição e cadastramento das Equipes Técnica, Local e Nutricionistas
c. Cadastramento dos Conselhos
3. Compatibilização das metas do Plano Estadual de Educação (PEE) ou Plano Municipal de Educação (PME) às metas do Plano Nacional de
Educação (PNE)
4. Questões Estratégicas
a. Sistema de Ensino, Fórum., Conselhos, Escolha de diretores e de contratação de dos profissionais da educação, Educação de Jovens e
Adultos (EJA), Educação Especial, Formação

5. Pendências

Plano de Ações Articuladas (PAR 2021-2024) – Fase de DIAGNOSTICO
1. Introdução às quatro dimensões estruturantes do PAR
a. Gestão educacional, Formação de profissionais de educação, Práticas pedagógicas e avaliação, Infraestrutura física e recursos pedagógicos
2. Preenchimento dos indicadores de cada Dimensão
a. Relação das Metas do Plano Estadual de Educação (PEE) ou Plano Municipal de Educação (PME) com cada indicador
b. Análise e seleção dos componentes dos indicadores
c. Elaboração de justificativas
d. Especificidades do quadro de perfis dos docentes em relação às disciplinas que lecionam para Dimensão de Formação
e. Especificidades do quadro informativo das condições de uso das dependências escolares do Censo Escolar e do PDDE Interativo para
Dimensão de Infraestrutura

3. Síntese do Diagnóstico
4. Pendências

Plano de Ações Articuladas (PAR 2016-2019) – Fase de Planejamento

1. Verificação de Pendências
2. Acesso à etapa planejamento
3. Cadastramento de Iniciativas
a. Informações Gerais da Iniciativa
b. Detalhamento das Etapas
c. Atividades das Etapas
d. Insumos da Iniciativa
4. Peculiaridades do cadastramento da Infraestrutura (Obras) e Recursos Pedagógicos
5. Execução e acompanhamento dos ciclos anteriores do PAR
a. Termos de Compromisso vigentes
b. Termos de Compromisso executados – inserção de dados para prestação de contas
c. Prorrogação de Termos de Compromisso

 

SIMEC – Obras 2.0
1. Monitoramento de obras da educação no SIMEC;
2. Conceito de obras
a. obras inacabadas x obras paralisadas
3. Conteúdo da Resolução CD/FNDE nº 03/2018 e alterações;
4. Restrições e inconformidades técnicas de engenharia relacionadas às obras da educação;
5. Aspectos gerais das prestações de contas das ações de infraestrutura educacional.
6. A aba “Cumprimento do Objeto”
7. A aba “Execução financeira”

Instrutor

Murillo de Miranda Basto Neto foi Diretor do Metrô de Brasília e Analista do Ministério da Integração Nacional. Bacharel em Ciências Contábeis e pós-graduado em Recursos Humanos. Consultor e Professor palestrante em Eventos do Banco Mundial, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Ministério da Saúde, Escola Nacional de Administração Pública, Escola de Administração Fazendária e da Associação Brasileira de Orçamento Público. Co-fundador da Ordem dos Pregoeiros do Brasil.

Foi Gerente Geral de Administração e Finanças do Programa Nacional de DST e Aids do Ministério da Saúde e Coordenador Geral de Convênios do Ministério do Turismo. Capacitou mais de 10.000 servidores federais, estaduais, municipais e entidades privadas sem fins lucrativos nos diferentes módulos da Plataforma +Brasil.

Autor dos livros: Convênios: uma nova abordagem – Editora Negócios Públicos – 2007; Legislação Aplicada a Convênios Federais – Editora Schoba – 2012; Jurisprudência do Tribunal de Contas Aplicada à Convênios Federais – Editora Urbana – 2013; e Curso prático sobre o sistema de Gestão de Convênios do Governo Federal – Captação e Elaboração de Projetos – Ed. Urbana – 2013.

Atuou em conjunto com o Ministério do Planejamento e o SERPRO na implantação e lapidação da Plataforma +Brasil do Governo Federal.

Outras informações

Cursos Relacionados

Não temos o curso que você procura? Se o curso que você indicar for lançado pela i9 Treinamentos, você ganhará um desconto de 50% no valor de lançamento do curso indicado e 10% em qualquer outro curso.