Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

Especialistas apontam alternativas para substituir a emenda constitucional que limita gastos públicos; alvo de pressões de parlamentares e movimentos sociais é defendida por novo governo

Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos – Rejeitada por dez dos 13 candidatos que disputaram a Presidência, a Emenda Constitucional 95 – que limita o teto de gastos, tem a aprovação do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), um dos três que endossava a medida, além do apoio do guru econômico e futuro ministro Paulo Guedes.

Aprovada no governo de Michel Temer, em 2016, inclusive com voto do então deputado Bolsonaro, a PEC 241 criou um teto para as despesas públicas vinculado ao índice oficial de inflação (IPCA) com duração de 20 anos. Especialistas ouvidos pelos DCI , acreditam que haverá um recuo da equipe econômica diante das restrições do orçamento de 2019. Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

Temer passará o governo ao seu sucessor com as despesas públicas em 19,3% do PIB (R$ 1,4 trilhão). Desse total, 93% estão comprometidos com gastos obrigatórios, sem margem de manobra. Investimentos em educação e saúde, por exemplo, seriam reduzidos ou congelados. Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

“No novo governo, a Emenda do teto dos gastos vai durar pouco e, se for mantida, dura de um a dois anos”, previu o especialista em contas públicas Raul Velloso, ex-secretário de Assuntos Econômicos do Ministério do Planejamento. Ele é o autor da proposta de criação de um fundo de pensão para servidores públicos para contornar as restrições da medida que limita o teto de gastos e que já foi encaminhada para a equipe de Bolsonaro. Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

O fundo de pensão, explica Velloso, seria capitalizado com ativos financeiros e recebíveis, transferidos gradativamente. A criação de fundo previdenciário próprio é previsto no artigo 40 da Constituição, sustenta. A alternativa proposta por Velloso foi examinada, em fevereiro, pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

“Se não dermos uma solução às contas do governo, com certa rapidez, podemos entrar em colapso”, afirmou Velloso. O economista destaca que não há espaço para o déficit da Previdência no Orçamento da União. São R$ 85 bilhões só de benefícios dos servidores públicos por ano que sairão do Orçamento para o fundo de pensão dos servidores. Citou experiências com fundos de servidores na Previ (fundo de pensão do Banco do Brasil), e nos governos do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Piauí. Ainda neste mês, o governo do Piauí conclui um elenco de medidas para criar o fundo com a expectativa de gerir novos ativos, a exemplo de 3.500 imóveis e 500 mil hectares do Estado. Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

Leia também

Estabilidade do Servidor Público em risco

Opções ao teto

Desde que entrou em vigor em dezembro de 2016, a emenda é alvo de protestos da oposição, de governistas e de movimentos sociais, além da articulação de iniciativas para tentar burlar, diminuir ou revogar a medida nos ministérios e no Congresso. Além da criação de fundos, como propôs Velloso, e agências ligadas ao governo, com autonomia na gestão de seus recursos, as opções são severas e de difícil execução. Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

Entre as medidas listadas por outro especialista, o economista Gil Castello Branco, fundador e secretário-geral da Associação Contas Abertas, que monitora o Orçamento da União, estão a aprovação da reforma da Previdência no Congresso; a diminuição das despesas correntes, com a redução de reajuste salarial dos servidores públicos; e a revisão de benefícios fiscais. “Claro que isso só pode acontecer se o governo tiver força para isso. Tem que aproveitar o período de lua de mel com o governo no início de 2019. Mas será uma guerra difícil. Existem setores muito fortes, seja empresas e servidores públicos, que vão impedir a reforma da Previdência e o corte de incentivos fiscais, que somam R$ 300 bilhões, o dobro do déficit do Orçamento para 2019.” Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

Segundo Castello Branco, Bolsonaro não tem – assim como o adversário derrotado Fernando Haddad (PT), também não tinha -, clareza em relação ao caminho para o País, sem ou com teto dos gastos. “Sem essas reformas, o teto não se sustenta”, lamentou. Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

Outro economista, Roberto Piscitelli, do Departamento de Economia da Universidade de Brasília (UnB), sugere duas alternativas que poderiam ser adotadas pelo presidente eleito, em relação ao atual modelo de teto de gastos. A primeira medida seria vincular o limite de elevação das despesas ao aumento de receitas, “para descomprimir a receita e dar fim a esse teto artificial, baseado apenas na inflação”. Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

“A receita geral, principalmente a tributária, que é uma das maiores. Então, se a inflação aumentou 2%, mas a receita aumentou 5%, eu tenho margem para manter a proporção anterior, sem precisar ficar amarrado a um percentual baixo”, acrescentou. A segunda possibilidade, mais conservadora, seria vincular o teto de gastos ao Produto Interno Bruto. “O PIB já chegou a crescer 5%, no Brasil, enquanto a receita crescia 10%. Então, é um formato conservador, porém melhor do que o estabelecido atualmente”, explicou. Criação de fundo de pensão poderá destravar restrição do teto de gastos

Fonte

junho 2019

17jun(jun 17)08:0018(jun 18)17:00Plataforma +Brasil Junho de 2019 Incluindo atualizações do SiconvPlataforma +Brasil Junho de 2019 incluindo atualizações do Siconv

19jun(jun 19)08:0021(jun 21)17:00A nova matriz de saldos contábeis – MSC através do SICONFISaiba tudo sobre o SICONFI e desenvolva todas as suas potencialidades.

24jun(jun 24)08:0025(jun 25)17:00Gestão do Patrimônio Público sob ótica das NBCASPConheça as modernas técnicas de suprimentos e gestão de materiais e principalmente, na área pública o Desfazimento de Bens.

26jun(jun 26)08:3028(jun 28)16:30Orçamento Público integrado com Execução Orçamentária, Financeira e ContábilCompreenda os fundamentos e princípios que norteiam o ciclo orçamentário e seus instrumentos de gestão pública referentes aos recursos públicos.

julho 2019

01jul08:0002(jul 2)17:00Contratação de Serviços Terceirizados em três momentosTudo sobre Contratação de Serviços Terceirizados em três momentos: Planejamento da licitação, seleção de propostas e gerenciamento do contrato.

03jul(jul 3)08:3005(jul 5)16:30Curso de Siconv compactoCurso compacto para aqueles que tem pouco tempo e querem aprender sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização.

08jul(jul 8)08:0009(jul 9)17:00Marco Regulatório das Organizações da Sociedade CivilPrepare editais de seleção de organizações da sociedade civil que assegurem processos econômicos e juridicamente eficientes.

10jul(jul 10)08:3012(jul 12)16:30Cerimonial, Protocolo e Organização de EventosHabilite-se a executar solenidades com excelência.

15jul(jul 15)08:0019(jul 19)17:00Curso Siconv Completo Julho de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do Siconv

24jul08:0018:00Simec Introdução ao PAR julho de 2019compreenda a correta utilização do SIMEC na fase preparatória

25jul08:0018:00Simec Fase de Diagnóstico do PAR julho de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Diagnóstico do PAR

26jul08:0018:00Simec Fase de Planejamento e Execução julho de 2019Compreenda a correta utilização do SIMEC de Planejamento e Execução

29jul(jul 29)08:3031(jul 31)16:30Tesouro Gerencial AvançadoExecute as funções do sistema Tesouro Gerencial

agosto 2019

01ago08:0002(ago 2)17:00Gestão descomplicada de Termos de Execução Descentralizada julho de 2019Conheça as formas de qualificação, apresentação, formalização, execução e fiscalização de termos de execução descentralizada.

05ago(ago 5)08:0009(ago 9)17:00Curso Siconv Completo Agosto de 2019Saiba tudo sobre o funcionamento do Siconv e sua correta utilização. Curso com todas as atualizações do Siconv

12ago(ago 12)08:3014(ago 14)16:30Desenvolvimento e Capacitação pra Pregoeiros e Equipe de ApoioSeja capaz de realizar pregões presenciais e eletrônicos na prática.

15ago(ago 15)08:0016(ago 16)17:00Elaboração de Projetos na práticaIdentifique os conceitos, diferencie as principais abordagens metodológicas e organize o seu plano de projeto

19ago(ago 19)08:3021(ago 21)16:30Esocial na Administração Pública incluindo os novos layoutsCurso fundamental para capacitar os profissionais a fim de prestarem corretamente as informações ao eSocial.

22ago(ago 22)08:0023(ago 23)17:00Curso completo de SISMOB agosto de 2019Conheça a nova versão do Sistema de Monitoramento de Obras (Sismob).

26ago(ago 26)08:3028(ago 28)16:30Curso de Retenção de tributos em notas fiscaisConheça de forma clara e objetiva os procedimentos das retenções dos tributos (IRRF, INSS, PIS, COFINS, CSLL e ISS)

29ago(ago 29)08:0030(ago 30)18:00Emendas Parlamentares agosto de 2019Entenda o processo de captação de recursos através de emendas parlamentares

Siconv Completo em Brasília no mês de novembro de 2018. O décimo quarto curso completo promovido pela I9 Treinamentos, atualizado, reconhecido e agora com 4 opções de investimento que cabem no seu bolso. Não perca tempo com cursos desatualizados e ministrados por profissionais que desconhecem o assunto. Clique na imagem e saiba mais, muito mais… (Oferta Especial – Contacte-nos)

Siconv completo em Brasília 14

Cursos em Destaque