Piso salarial dos professores pode passar a ser pago pela União

Piso salarial dos professores pode passar a ser pago pela União Piso salarial dos professores pode passar a ser pago pela União – O piso salarial nacional dos professores da educação básica da rede pública poderá passar a ser pago pelo governo federal. É o que determina o Projeto de Lei do Senado (PLS) 155/2013, que…

Veja mais

Orçamento para 2019 prevê quase 14 bilhões para emendas parlamentares

A proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA – PLN 27/2018) para 2019 prevê R$ 13,7 bilhões para emendas parlamentares impositivas. Desse total, R$ 9,2 bilhões vão para emendas individuais (de deputados e senadores) e R$ 4,5 bilhões para as de bancadas estaduais.

As emendas individuais contemplam demandas que chegam das bases eleitorais dos parlamentares e de grupos organizados que procuram influir no projeto orçamentário. Cada um dos 594 parlamentares poderá contar com até R$ 15,4 milhões em emendas individuais. Metade dessas irá para a saúde, seguindo divisão estabelecida na Constituição.

Já o valor máximo para apresentação de emendas impositivas por bancada será de R$ 169,6 milhões. De acordo com a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019 (Lei 13.707, de 2018), esse valor poderá ser distribuído em até seis emendas, sendo ao menos uma para a área de educação, uma para saúde e uma para segurança pública. Diferentemente das emendas individuais, as de bancada priorizam obras e serviços de interesse dos estados. Elas são discutidas dentro de cada bancada e contam, geralmente, com o aval dos governadores.

Os dados estão em informativo conjunto das consultorias de orçamento do Senado e da Câmara dos Deputados, divulgado na quinta-feira (6).

Teto de gastos

Conforme a proposta orçamentária para 2019, o Executivo compensou gastos excedentes do Judiciário, do Legislativo, do Ministério Público (MP) e da Defensoria Pública em R$ 3,36 bilhões, quase o total do previsto na Constituição (0,25% do limite individualizado do Poder Executivo). Em 2018, a compensação foi de R$ 2,1 bilhões (65,2% do máximo). Esse crescimento, segundo as consultorias, vem principalmente por causa do impacto para 2019 das leis que deram aumento para carreiras do Judiciário e do MP (Leis 13.316, de 201613.317, de 2016).

A compensação acontece porque, pelo teto de gastos, estabelecido pela EC 95, as despesas só podem aumentar de acordo com a inflação. Como as despesas dos outros poderes ficou além da correção inflacionária (4,39%), a Constituição determina uma compensação de até 0,25% das despesas do Executivo.

Só para o Judiciário, a compensação foi de R$ 2,92 bilhões ou 87% do total repassado pelo governo. A proposta orçamentária também prevê o aumento salarial dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de 16,38%, que é o teto do funcionalismo. Para o Legislativo, a compensação é de 7,6% ou R$ 258 milhões.

Deficit previdenciário

O ritmo do crescimento da necessidade de financiamento do Regime Geral da Previdência Social (RGPS) reduziu em relação aos últimos anos. A projeção para o deficit previdenciário, segundo as consultorias, é de de 2,93% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2019, considerados a arrecadação líquida prevista (R$ 419,8 bilhões) e a estimativa de custos com benefícios previdenciários (R$ 637,9 bilhões). Em 2018, esse percentual foi de 2,91% de deficit. Desde 2012, os deficits anuais são crescentes. O maior aumento se deu de 2015 para 2016, quando cresceu 0,96 ponto percentual (de 1,43% para 2,39%).

Com a Agência Câmara Notícias

Veja mais

Publicado Decreto que institui o Sistema de Ouvidoria do Poder Executivo federal

Publicado Decreto que institui o Sistema de Ouvidoria do Poder Executivo federal DECRETO Nº 9.492, DE 5 DE SETEMBRO DE 2018 Publicado Decreto que institui o Sistema de Ouvidoria do Poder Executivo federal – Regulamenta a Lei nº 13.460, de 26 de junho de 2017, que dispõe sobre participação, proteção e defesa dos direitos do usuário dos…

Veja mais

Prontuário eletrônico de saúde tem sobrepreço potencial de 6 bilhões

Prontuário eletrônico de saúde tem sobrepreço potencial de 6 bilhões Prontuário eletrônico de saúde tem sobrepreço potencial de 6 bilhões – A implementação da funcionalidade é para os pacientes das Unidades Básicas de Saúde do SUS. O valor é 36% da contratação de R$ 17,4 bilhões pelo Ministério da Saúde (MS). A relatoria no TCU…

Veja mais

Aplicativo facilita acesso aos dados do Cadastro Único

Aplicativo facilita acesso aos dados do Cadastro Único Aplicativo facilita acesso aos dados do Cadastro Único – Pelo celular, o cidadão pode conferir informações como a situação cadastral da família e o Número de Identificação Social. Para acessar as informações inseridas no Cadastro Único de forma prática, os cidadãos podem utilizar o aplicativo Meu CadÚnico…

Veja mais

Projeto de Lei Orçamentária apresenta previsão para FPM em 2019

Projeto de Lei Orçamentária apresenta previsão para FPM em 2019 Projeto de Lei Orçamentária apresenta previsão para FPM em 2019 – O Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) de 2019 já foi enviado ao Congresso Nacional, com a projeção para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em R$ 87.583.243.172. A previsão do valor a ser…

Veja mais

Lei Rouanet pode beneficiar museus e patrimônios culturais

Lei Rouanet pode beneficiar museus e patrimônios culturais Lei Rouanet pode beneficiar museus e patrimônios culturais – A Lei Rouanet, principal instrumento de fomento à cultura brasileira, já beneficiou mais de 50,4 mil projetos – em categorias tão variadas que vão da literatura ao design – desde que foi criada em 1991. Na área de…

Veja mais

MEC e BNDES estudam criar linha de crédito para faculdades privadas

MEC e BNDES estudam criar linha de crédito para faculdades privadas MEC e BNDES estudam criar linha de crédito para faculdades privadas – Objetivo é oferecer financiamento a estudantes com juros baixos. O Ministério da Educação (MEC) e o BNDES estudam criar uma linha de crédito para faculdades privadas. O objetivo é que com o…

Veja mais